Clique aqui e agende sua consulta - WhatsApp Agenda (51) 99792.8858
Barbara Goldoni - Cirurgia Plástica
Top

Procedimentos

Imagem cabeçalho procedimentos face

rinoplastia

O que é?

A rinoplastia, às vezes chamada de septoplastia, ou rinosseptoplastia, é a cirurgia plástica do nariz, que serve para melhorar a aparência do nariz e sua função respiratória.

Quando está indicada?

Indicada para pacientes que apresentam dificuldade de respirar por alteração da anatomia nasal interna ou para aqueles que desejam melhorar algum aspecto estético do nariz.

Objetivos

Corrigir alterações anatômicas que impliquem em dificuldade da passagem de ar dentro do nariz, como desvio de septo ou hipertrofia dos cornetos, e melhorar a harmonia estética do nariz com a face de cada paciente.

Como é a feita a cirurgia e cicatrizes esperadas

A rinoplastia pode ser feita por técnica fechada, quando as cicatrizes ficam posicionadas somente dentro das narinas, ou por técnica aberta, quando se faz uma pequena e muito discreta incisão na base do nariz próximo ao lábio superior, cuja cicatriz tende a se tornar imperceptível após alguns meses. A escolha da técnica depende das queixas e do que há a ser tratado em cada paciente.

Anestesia

Anestesia geral.

Duração

Dependendo do tratamento necessário para cada paciente, em geral de uma a duas horas.

Internação

Seis a 12h de observação.

Cuidados antes e depois da cirurgia

Os principais cuidados são em relação ao pós-operatório.

Dormir com a cabeceira elevada por um período de sete a 14 dias para minimizar edema e sangramentos.

Evitar exposição ao sol até que as equimoses (roxos) tenham sido completamente absorvidos para evitar manchas na pele.

Evitar atividades que possam resultar em trauma no nariz, o que poderia ocasionar desvios, com perda do resultado obtido durante a cirurgia. Esses cuidados devem se estender por no mínimo seis semanas.

Recuperação

A dor é leve e breve. Durante a primeira semana utiliza-se um curativo para manter imobilidade do nariz, e na segunda semana mantém-se curativo apenas com fitas adesivas.

Após duas semanas não há mais curativos, e em geral as equimoses já desapareceram.

É possível voltar ao trabalho em uma semana, contanto que não haja esforços físicos. A volta às atividades físicas deve ser após um a três meses, dependendo da modalidade praticada.

Veja mais sobre o assunto

Vídeos: